Conhecendo os Tenetehara-Guajajara



 Tenetehara-(povo verdadeiro),Wazaizara-(dono do cocar),Guajajara que é conhecido pela literatura,nome dado pelos brasileiros para distingui-los dos Tembé que também se auto denominam Tenetehara. Segundo Mécio Pereira Gomes a palavra"Tenetehara"é usada como autodesignação do povo Tenetehara,sendo assim composta pelo verbo/ten/ ("ser")mas o qualificativo /ete/ ("intenso","verdadeiro") e o substantivizador /har(a) / ("aquele,o").O ser íntegro,gente verdadeira.
   A palavra "tenetehara" é uma invenção ciêntífica,nem um povo tenetehara até hoje foi capaz de destrinchar o significado desse termo por esse processo linguístico e nem por outro meio.
  No brasil outros povos também se dizem tenetehara.Os que falam tupi povos de linguas semelhante ao tronco tupi-guarani".Ex:Guarani que dizem está a busca das "terra sem males","homem de verdade".
  Os povos indigenas tanto os atuais quanto aos que não sobreviveram,em sua maioria não ficaram conhecido pelos seus nomes verdadeiros e autodemoinaçães.Nomes dados por seus próprios inimigos,nomes pejorativos e em nomes diferentes das suas.Um exemplo deles é o nome "Urubu"dado aos índios Ka'apor ou Tabajara,que significa "inimigo"entre os Tupinambá,para nomear grupos rivais.
    Nosso povo estão localizados em sua maioria no sul do estado do maranhão,nos municípios de Barra do Corda e Grajaú e as margens dos rios Mearim e Pindaré.
   Hoje o povo Tenetehara-Guajajara soma mais de 20.000(vinte mil) falantes do Ze'egté, língua do tronco Tupi Guarani, cujos primeiros contatos com a sociedade nacional envolvente com a data de aproximadamente 300(trezentos) anos.
   Segundo os levantamentos recentes do IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e estatística,temos 11(onze) reservas registradas,homologadas com aproximadamente 90 (noventa) aldeias, banhadas pelos rios Mearim, Corda, Grajaú, Pindaré, Gurupi, Karú e Turiassu na maioria localizada nos municípios de Barra do Corda, Grajaú e Jenipapo dos Vieiras ao sul do estado do Maranhão , Amazônia ocidental, Região que além dos Tembé, Kaapó também tem outros povos falantes do tronco Tupi-Guarani e dentro das aldeias (zané rekoháw) que significa "meu lugar"ou seja "onde resido", se organizam em família extensa, segundo Bart, que afirma."A indentidade individual é determinada pelo grupo social".Assim sendo , uma pessoa assume um sentimento de pertencimento a partir do convívio no statos social dum coletivo.
   Em março de 1901 houve um grande conflito denominado pela imprensa da época de "O massacre do Alto Alegre" Olimpio Cruz, (Cauiré Imana,O cacique rebelde) e que foi causado depois da entrada dos padres capuchinhos no território Tenetehar-Guajajara e que quase foram esterminados por completo ficando apenas um pequeno grupo na mata da região de Barra do Corda e Grajaú, outro pequeno grupo com medo da morte se perderam embrenhando-se para região do estado do pará e que gerou o recém contatando povo Awá e Guajá e ue também fala uma língua próxima do ze'egté família Tupi-Guarani, recentemente ,já depois da criação do SPI-Serviço de proteção ao índio, em 1910 e já com um grande número de indivéduos por conflitos com posseiros de terras e territórios o povo se espalha gerando nova etnia, os Tembé e que falam uma língua da família Tupi-Guarani.
  Seugundo o relatório situacional dos povos Indígenas do Brasil feito pela FUNAI-Fundação Nacional do Indio em 2008 dessa região, contatou-se que é uma reião de extrema pobreza, onde as políticas públicas não chegam e que tem um dos mais baixo IDH-ìndice de Desenvolvimento Humano do mundo.
  Apesar de várias Aldeias distantes dos centros urbanos, muitas estão bem próximas ou dentro das cidades e assim sua língua ameaçada, devido o contato intenso com o português "karaiw ze'eng".


Comentários

  1. Parabéns Zahy, o artigo ficou ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Só existe uma raça e ela se chama: de RAÇA HUMANA!!!Não há distinção entre brancos, negros e índios.Todos nós nascemos com dons e talentos,é a soma desses dons e talentos centrados no mesmo ideal é que poderá fazer de nós uma equipe unida, coesa e firme... O povo Brasileiro é a soma dos três povos juntos, precisamos amar e amar, porque assim estaremos amando a nós mesmos. Não podemos viver em prol de uma busca por coisas coloridas. Mas por uma corrente de boa vontade, de tudo o que é bom dentro da gente e poder viver expressão do verdadeiro Amor. "Herú ywate har"!!!

      Excluir
  2. Como se escreve homem na lingua indígena guajajara tupi ou tenetehara?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Curso básico da língua tupi-guarani

Aprendendo sobre o tronco tupi